sábado, 13 de junho de 2015

Resenha: A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart


SINOPSE: Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.


RESENHA:

Quando comprei “A mais pura verdade”, do autor Dan Gemeinhart, sabia que devia esperar uma história tocante. Foi exatamente isso o que tive, com o pequeno detalhe de que superou as minhas expectativas!

Na história conhecemos Mark, um garoto com doze anos e que sofre de câncer. Ele tem uma grande amizade com Jessie e um companheiro inseparável, o cachorrinho Beau. O maior sonho dele é escalar o Monte Rainier(O que parece ser uma loucura até mesmo para mim que não tenho câncer :p) e então decide fugir de casa, levando somente uma mochila, o seu cãozinho e alguns mantimentos. Para Mark aquela era a missão mais importante da vida dele, por isso não importava se morreria ou não.

"Eu não disse nada. De vez em quando, mesmo as respostas certas parecem erradas, se você não gosta da pergunta. Essa é a mais pura verdade."

A narrativa é rápida e o livro pode ser lido em poucas horas. Várias coisas acontecem e fazem com que não paremos de ler, afinal precisamos descobrir se Mark vai chegar em segurança ao seu destino, não é mesmo? Outra coisa que me agradou foram os capítulos curtos, alguns intercalando a visão de Mark e de outros personagens. Esse tipo de narrativa me remeteu muito ao estilo do James Patterson.
Durante as últimas páginas do livro confesso que senti certa angústia com algumas coisas, cheguei a um momento definitivo onde o desfecho dos acontecimentos podiam me levar a dar apenas UMA estrela ou CINCO. E o que vocês acham? Não dei apenas as cinco estrelas, mas favoritei no Skoob!

Quanto ao trabalho da Novo Conceito, digo que dispenso apresentações. Eles sempre fazem edições perfeitas e com “A mais pura verdade” não podia ser diferente. A capa escolhida tem tudo a ver com a história, um grande acerto!

Para resumir gostei muito do livro, da edição e da escrita. Gostei de tudo! Hahaha Recomendo muito!


11 comentários:

  1. Oi !!!!
    tudo bem? bem vindo ao mundo literário de blogs!
    bom, eu tenho vontade de ler a mais pura verdade e sua resenha veio para reforçar a ideia de que eu preciso ler esse livro hehe parece ser tão singelo e tão bom
    e final angustiante? aaaai ai ai
    obrigada pela visitinha viu/?
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  2. Oi John!

    A blogosfera vem falando bem desse livro, parece ser muito bom. Sou super fã do James Patterson se a narrativa é parecida, então vou gostar fácil.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo joia?
    Estou quase pirando para ler esse livro, sempre vejo blogs e mais blogs comentando sobre ele. Mesmo vendo algumas críticas negativas não me desanimei até agora haha;

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Jonh!

    Eu também amei essa história, ela é totalmente diferente de outras sick-lits que já vi por aí... Curti muito seu blog, ainda mais pq tem entrevistas também. Achei isso D+. Já estou te seguindo ^^.

    Abraço
    http://kelenvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro.... sinto que eu desaguaria só de ler. Agora fiquei curiosa a respeito do final. O que será que fez diferença ente 1 estrela e 5 estrelas????

    =)

    Suelen Mattos
    ___________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  6. Posso ser bem sincera, Jhon? Estou em uma fase em que fujo de histórias da nossa realidade e no momento me escondo o máximo que posso em ficções... Quem sabe quando essa fase passar eu aposte nele, já que vou gostou tanto!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Eu tinha vontade de ler esse livro, mas ela passou assim, do nada. Às vezes isso acontece, e quando acontece eu nem reclamo, até porque não ando tendo mesmo muito dinheiro para gastar em livros, mas gostei muito da resenha. Gamei na sua descrição de si mesmo <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Já li muitas resenhas positivas sobre este livro, fico curiosa para conhecer também. Pelo visto, deve ser uma leitura angustiante e leve ao mesmo tempo, bom saber que não fica cansativa. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu gostei muito do livro e sofri demais no final, achei bem legal o modo que foi estruturado os capítulos para você demorar sem perceber!

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
  10. Oláá Jhonatas!
    Amei sua resenha, e o fato de você citar que o livro as vezes intercala capítulos com o pensamento de outro personagem além de Mark me desperta ainda mais curiosidade, amo livros que remetem a visão de mais de um personagem, acredito que isso torna a narrativa mais agradável e mais realista... Com certeza agora o livro A Mais Pura Verdade entrou para minha 'Book List' rsrsrs
    Bjos


    Jovem Literário

    ResponderExcluir
  11. Ouvi falar muito bem desse livro, mas fico com medo de ler e não ter algo positivo para contar. A história é realmente boa e já vi que devo ficar com uns momentos de angústia ao ler, assim como você.
    Gostei da resenha; seu blog é bem legal.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir